Lipoaspiração

A Lipoaspiração é realizada com a finalidade de melhorar e remodelar o Contorno Corporal através da remoção de gordura depositada em diversas regiões do corpo. É feito com cânulas especiais conectadas a um aparelho que as aspira sob pressão negativa. Sua principal indicação é a aspiração de gordura localizada resistente aos exercícios físicos e dietas, mas não deve ser usado como técnica de emagrecimento.
Existem uma variedade de métodos de Lipoaspiração; porém, sempre procuramos utilizar as menos traumáticas e mais seguras, de acordo com cada caso. Habitualmente realizam-se os métodos infiltrativos ( Lipoaspiração tumescente ), que alguns profissionais chamam de Hidrolipoaspiração, nos quais uma solução salina com epinefrina e lidocaína é injetada na área a ser lipoaspirada. Esta solução ajuda a separar os tecidos e faz uma vasoconstrição, tornando a prática menos traumática, com menor sangramento e menos equimoses (manchas roxas).
A Lipoaspiração é feita por pequenas incisões colocadas estrategicamente em lugares pouco visíveis. Associamos o método vibratório (Vibrolipoaspiração) para áreas de fibrose como o dorso, flancos, ou em áreas previamente aspiradas, pois a vibração da cânula ajudará a quebrar as traves de fibrose e soltar as células de gordura com menor trauma.
O método da Microlipoaspiração, também chamado de Mini-lipo, é feito com seringa e cânula fina. Usa-se para retirar pequenas quantidades de gordura na face, pescoço, bochechas, embaixo do queixo. Serve também como técnica de obtenção de gordura para enxerto em outros locais.
Internação hospitalar: Pode ser feita em caráter ambulatorial ou com internação de 24 horas, conforme a extensão do caso.
Tipo de anestesia: Local e sedação, peridural ou geral, conforme o caso.
Duração da cirurgia: 1 a 4 horas.
Retorno ao trabalho ou estudos: Após 1 a 2 semanas, dependendo do porte da cirurgia.
Limitação: evitar exposição solar nos primeiros 1 a 2 meses e evitar exercícios físicos e dirigir por 15 dias.

Dicas

Antes de se submeter à cirurgia, programe-se para o pós-operatório. Reserve uma semana, afastado das atividades normais, mesmo que não esteja sentindo nenhum desconforto. Não vale a pena retornar as atividades antes de uma semana, a recuperação total fica mais lenta.
A recuperação se divide em três fases. A primeira, de uma semana, requer o afastamento das atividades e muito repouso. A segunda, de sete a 30 dias, permite retorno às atividades normais. As restrições são se expor ao sol e evitar atividades físicas intensas. A terceira fase é após 30 dias, em que já temos mais de 80% do resultado. Aqui, a vida pode seguir normalmente. Em todas as etapas, é imprescindível o uso de cinta modeladora.

Desejo um cópia.